Você sabe como influenciar, conquistar e cultivar seus clientes?

É preciso pensar nos clientes como pessoas que devem ser cultivadas. Há um enorme esforço feito por trás de cada cliente captado e conquistado

imagem: ilustrativa

Uma das maiores habilidades que você deverá desenvolver para concretizar seu caminho é a de saber como influenciar pessoas. Isso é importante dentro da sua própria casa, na rua e, principalmente, na vida profissional. Influenciar, neste caso, inclui fazer com que as pessoas o escutem realmente, absorvam o seu discurso e sejam persuadidas por ele.

Nos dias atuais, somos imediatistas, estamos condicionados a ter sempre tudo a nosso alcance, o que nos gera ansiedade e, como consequência, nos faz esquecer a sensação de conquistar algo pelo qual lutamos por tanto tempo – sejam pessoas, relações, carreira, momentos ou outros fatos de nossas vidas.

Um exemplo simples, para ilustrar: vamos pensar como, há anos, se faziam os pães, sem o sistema industrializado. Para obter uma peça de pão, havia todo um processo que se iniciava três meses antes, para que fosse possível plantar o trigo, cultivá-lo, colhê-lo, limpá-lo, moê-lo e, finalmente, fazer o pão. Hoje, por qualquer esquina que passamos, com certeza, encontramos uma infinidade de pães de diversos tamanhos, tipos, com ou sem glúten, e com outras muitas especificações. Porém, o preocupante vem a seguir: nós acabamos por estabelecer a mesma mentalidade ante a nossos clientes. Um terrível erro.

É preciso pensar neles como pessoas, acima de qualquer coisa, que precisam ser cultivadas. Há um enorme esforço feito por trás de cada cliente captado e conquistado; da mesma forma como ocorre nos relacionamentos, que, infelizmente, vêm se tornando tão banais e descartáveis. Todos querem apenas o prazer e as partes boas da relação, mas não se empenham na conquista. No entanto, é justamente isso que constrói uma relação duradoura e saudável. As pessoas estão perdendo o prazer da conquista.

Se você é um empresário e tem uma equipe com dez profissionais, há a possibilidade de encaixá-los em dois segmentos, o dos mercenários ou dos missionários. Para a primeira opção é muito fácil; basta conceder-lhes aumento de salário e ainda acrescentar bônus. Eles não reclamarão, mas você verá, em longo prazo, o que isso lhe causará e à sua empresa. A insatisfação irá surgir e eles sempre desejarão mais.

Em contrapartida, se você almeja ter dez missionários em sua equipe, precisará, de fato, colocar a mão na massa e conversar a respeito do propósito do seu negócio, e como e porque eles devem estar no dia a dia da sua instituição. Você tem tido conversas e reuniões com esse propósito com seus funcionários e/ou sócios? Ou é daqueles que meramente dão a ordem e esperam que os outros digam ‘’amém’’?

Apenas dar ordens e ignorar o fato de que diálogos são importantes e necessários, não funciona. Seja em sua empresa, em sua família, em seu relacionamento, na sua profissão, esse método simplesmente não dá certo.

Aprenda como influenciar pessoas e conquiste aliados que o ajudarão ao longo de toda a sua jornada.

Dica do mês

Título: Poder e Alta Performance
Autor: Paulo Vieira
Editora: Gente
Preço: R$ 27,90

 

*Preços pesquisados em janeiro de 2020

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )