Transformar a sua vida depende de você

Entenda o impacto que você quer deixar no mundo e defina como vai afetar aqueles que cruzam o seu caminho


Já parou para pensar no quanto você se sabota no dia a dia? Ou no quanto você fica sempre batendo na mesma tecla em relação a algum problema ou situação chata? Pois bem, é justamente esse tema que vou abordar.

Um exemplo que ilustra um pouco o que eu quero dizer é a relação conjugal. Em qualquer relacionamento existem problemas e discussões. Mas, ficar só querendo defender a sua parte, sem ouvir ou tentar entender o outro lado, é dar murro em ponta de faca. Nenhuma das partes vai ceder, e o problema só passará a separar ainda mais você de seu parceiro. Lembre-se sempre, em uma relação nunca é um contra o outro, mas sim vocês dois juntos contra o problema.

Entre mãe e filho isso também acontece. A mãe, muitas vezes, quer “porque quer” que o filho se alimente bem e seja o mais saudável possível, mas ela pode estar fazendo isso da forma errada. Com brigas e ameaças, por exemplo, criando no filho repulsa por uma alimentação saudável. Novamente temos aqui: murro em ponta de faca. Tudo isso vem, na verdade, de uma enorme culpa por parte dos pais em não conseguir criar uma criança perfeita.

A alimentação saudável é, sim, muito necessária, mas, como para tudo na vida, a chave é o equilíbrio. Jamais use seu filho como válvula de escape para frustrações pessoais suas. Seu filho não é um projeto, não é uma “argila” a ser moldada, mas uma pessoa! Um ser humano com vontades que deve ser educado, mas tudo com limites e parcimônia. Ainda pensando em relação ao exemplo da criança, muitas vezes o fato de forçá-la a uma situação faz com que ela naturalmente se rebele. Podia até ser que o filho tivesse vontade de se alimentar melhor, mas, pelo fato de ser forçado a isso e ser criada uma obrigação por trás dessa ação, desencadeia-se a raiva e a rebeldia.

Escute com o coração
Agora você deve estar me perguntando: como toda essa situação pode ser revertida? A resposta é simples, apesar de ser desafiadora para se colocar em prática: com amor e empatia. É colocar-se no lugar do outro, seja ele seu filho ou seu companheiro. Você tenta ouvir o que o outro lado tem para falar ou apenas fecha os ouvidos sempre que é confrontado? O diálogo é a chave essencial para tudo…

Na verdade, tudo isso é um processo de amadurecimento em que ambas as partes se beneficiam e crescem. Nada na vida é conquistado com confrontos, brigas ou enfrentamentos; o resultado da sua vida depende da forma como você lida com problemas, da maneira como você mantém sua mente equilibrada frente a situações de atrito.

Entenda tudo como uma oportunidade de evolução e amadurecimento de ambas as partes,não como uma competição de quem tem mais voz ou mais poder na relação, seja ela qual for.

Dica do mês

Título: Pare de Dar Murro em Ponta de Faca
Autor: Roberto Shinyashiki
Editora: Gente | Preço: R$ 34,90

 

*Preços pesquisados em fevereiro de 2020

Roberto Shinyashiki fala sobre parar de dar murro em ponta de faca.

 

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )