Dieta digital

Divulgação

Estamos usando da melhor maneira o potencial da internet, ou, ao contrário, estamos nos entupindo de informações sem valor ou até nocivas? Se a maioria de nós não está aproveitando como deveria – como desconfio que seja o caso – proponho uma dieta digital.

Acredito que tenha lá sua pertinência o paralelo entre conteúdo online o conteúdo no prato. Este alimenta o corpo; aquele, o espírito. Já temos nutricionistas digitais. São profissionais que ajudam a criar dietas digitais balanceadas e personalizadas, usando uma tabela periódica dos elementos digitais.

O próprio termo “dieta digital” já foi patenteado. A ideia, aliás, não tem nada de original. Sabemos, desde os primórdios da era cristã, que o ideal é termos “mente sã em corpo são”, como escreveu o poeta romano Juvenal. A ideia pode não ser nova, mas é boa – ou a frase não teria resistido vinte séculos.

Façamos um exercício: imagine que o conteúdo que você consome tenha um valor nutricional correspondente. Pense no último post que curtiu… Será que isso valeu como um nutriente?

Considere tudo o que você vê, posta, curte, comenta, encaminha, marca pessoas. Os sites nos quais navega, as notícias que lhe prendem a atenção; que motivam você a compartilhar. Há “vitamina” nisso tudo? Se estivesse em prato, seria o quê?

Cuidar da dieta digital é evitar as consequências do verdadeiro mal por trás da Covid-19 – a infodemia. Se o celular é o novo controle-remoto, não nos deixemos controlar por ele. Controlar o celular é não perder o controle sobre o nosso tempo, é abrir espaço na agenda para o que mais importa. A moderação diante da telinha provavelmente não produzirá novas “Monalisas”, mas quem sabe, ao fim do dia, pintará no rosto de quem se esforçar um discreto sorriso de satisfação.

Salada do rancho
Procurando algo prático para preparar, usando os ingredientes que tem em casa? Leve, saudável e refrescante, esta salada é perfeita para tal situação. A receita é feita com o que temos rapidamente à mão, em casa. Mas seu feitio remete a um delicioso almoço no campo. Nessa hora, nada untuoso ou complicado de servir é bem-vindo. Assim, sugiro um prato fresco e nutritivo, como a minha “salada do rancho”.

A ideia fica melhor se harmonizada com uma pequena taça de vinho. Sozinha ou acompanhada, estes elementos compõem uma refeição perfeita.

A receita a seguir fica pronta em 20 minutos, e rende duas porções, com 96,2 Kcal cada.

INGREDIENTES
• 8 tomates-cereja vermelhos e 8 tomates-cereja amarelos cortados ao meio
• ½ cebola roxa picada
• ½ pepino sem casca cortado em cubos
• 3 azeitonas pretas sem caroço picadas
• 3 alcaparrões picados
• 1 fatia de pão integral cortada em cubos (para decorar)

MOLHO
•1 colher (chá) de mel
• 20 ml de balsâmico
• Suco de um limão Sal, pimenta e manjericão a gosto

MODO DE PREPARO
Misture os ingredientes em um bowl.

Molho
Em outro bowl, junte o balsâmico com mel e o suco do limão.
Tempere com sal e pimenta a gosto.
Junte o molho na salada e misture bem.
Junte as folhas de manjericão.
Sirva a salada com cubos de pão por cima

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )