Cuidado para não perder as melhores pessoas da sua empresa

Muitos líderes cometem um grande erro. Eles sobrecarregam as pessoas competentes e comprometidas da empresa com excesso de tarefas, atividades e responsabilidades. Todos nós temos liderados empenhados e outros nem tanto. Os dedicados farão, com qualidade, esmero e atenção aos detalhes, as tarefas que lhes forem atribuídas.

Sabemos que há pessoas com as quais não podemos contar totalmente. Elas não são comprometidas, são desengajadas e as tarefas que lhes cabem são sempre feitas com descaso e muitas falhas.

O erro que cometemos é sobrecarregar as pessoas eficientes de muitas tarefas e atividades. Os comprometidos e competentes geralmente são perfeccionistas no melhor sentido, isto é, desempenham suas tarefas com perfeição e atenção aos detalhes.Essas pessoas não gostam de dizer “não” a seus líderes e aceitam cada vez mais incumbências, até porque sentem orgulho da confiança demonstrada por seus líderes. São muito autoexigentes e sentem-se mal quando cometem algum erro.

Quando sobrecarregamos com tarefas e atividades essas pessoas produtivas, elas, com tanto a fazer, acabam por não obter a qualidade que estão acostumadas a apresentar. Passam a cometer erros. Seus chefes estranham ao notar que os trabalhos de quem sempre fez tudo com extrema perfeição estejam perdendo a qualidade. A própria pessoa percebe sua incapacidade de cumprir com tantas tarefas e começa a ter um sentimento de baixa autoestima. Esse sentimento pode fazê-la entrar em um processo de extrema desmotivação e até depressão e, em um estágio mais grave, a Síndrome de Burnout (distúrbio psíquico de caráter depressivo, precedido de esgotamento físico e mental intenso, com sintomas de exaustão extrema, estresse e esgotamento físico).

Muitos líderes me dizem que essas pessoas excelentes não só aceitam todas as tarefas que lhe são dadas como também solicitam fazer mais.

Isso é verdade, mas cabe ao líder saber dosar e entender que há um enorme perigo no atulhamento e na sobrecarga de tarefas a esse tipo de funcionário ou colaborador.

Como são muito autoexigentes, em muitos casos acabam por não suportar e pedem demissão alegando motivos pessoais. Assim, a empresa acaba perdendo seus melhores talentos.

Repare se as melhores pessoas de sua empresa não estão com excesso de carga, de tarefas, de atividades. Analise se, além da injustiça de exigir demais de uns e pouco de outros, você não está correndo o risco de perder os bons e ficar com os ruins.

Pense nisso.

Sucesso!

DICA DO MÊS
Quais as atitudes, os hábitos e os principais comportamentos das pessoas bem-sucedidas? É preciso avaliar isso e responder a essa questão. Também é importante saber pôr em prática as atitudes, comportamentos e ter uma verdadeira postura proativa, fatores cruciais para ser bem-sucedido. Esse livro o ajudará a entender importantes conceitos para enfrentar a realidade em que vivemos.

Título: 73 + 1 Perguntas Sobre Liderança, Gestão, Marketing, Vendas, Motivação e Sucesso
Autor: Luiz Marins
Editora: Integrare
Preço: R$ 45

*Preços pesquisados em outubro de 2019

Comentários

WORDPRESS: 0
Já está indo embora :´(
Assine nossa newsletter antes, e receba as noticias de Alphaville e região ; )